Arredondamento de dados no Excel

Quando os dados são compilados para um relatório ou apresentação de PowerPoint, o arredondamento de somas no Excel é um problema frequente. Geralmente é desejável, mas difícil de conseguir, que os totais arredondados correspondam exatamente ao total das parcelas arredondadas. Temos como exemplo a tabela a seguir:

Exemplo de valores exatos no Excel

Quando os valores são arredondados para números inteiros usando a função Formatar célula do Excel, temos como resultado a tabela a seguir. Os totais que parecem ser “mal calculados” estão em negrito:

Arredondamento usando a função Formatar célula do Excel

De forma semelhante, quando as funções padrão de arredondamento do Excel são usadas, os totais dos valores arredondados são calculados corretamente, mas os erros de arredondamento acumulado geralmente se desviam substancialmente dos totais reais dos valores originais. A tabela a seguir mostra o resultado de =ROUND(x,0) para o exemplo acima. Os totais que se desviam do valor original em 1 ou mais são mostrados em negrito:

Exemplo de uso da função ROUND do Excel

Usando o think-cell round, você pode atingir totais arredondados de forma consistente, com o mínimo de “roubo”: Enquanto a maior parte dos valores são arredondados para o número inteiro mais próximo, alguns valores são arredondados no sentido oposto, mantendo assim os cálculos corretos sem erro de arredondamento acumulado. Como existem muitas possibilidades de atingir totais corretamente arredondados alterando os valores, o software escolhe uma solução que requer o número mínimo de valores alterados e o desvio mínimo dos valores exatos. Por exemplo, é preferível arredondar 10,5 para 10 do que arredondar 3,7 para 3. A tabela a seguir mostra uma solução ideal para o exemplo acima com valores “roubados” em negrito:

Exemplo do think-cell round

Para conseguir essa saída no seu próprio cálculo, basta selecionar o respectivo intervalo das células do Excel. Então, clique no botão image na guia Fórmulas e, se necessário, ajuste a precisão do arredondamento usando a caixa suspensa da barra de ferramentas.

19.1
Usar o think-cell round
19.2
Limitações do think-cell round
19.3
Resolver problemas das fórmulas TCROUND

19.1 Usar o think-cell round

O think-cell round é perfeitamente integrado ao Microsoft Excel, fornecendo um conjunto de funções semelhantes às funções padrão de arredondamento do Excel. Você pode aplicar facilmente essas funções aos seus próprios dados, usando os botões da barra de ferramentas do think-cell round.

barra de ferramentas do think-cell round no Excel

No Excel 2007 e mais recentes, as barras de ferramentas foram substituídas por faixas. A faixa do think-cell round pode ser encontrada na guia Fórmulas.

faixa do think-cell round no Excel 2007 e mais recentes

19.1.1 Parâmetros de arredondamento

Assim como as funções do Excel, as funções de arredondamento do think-cell apresentam dois parâmetros:

x
O valor que será arredondado. Pode ser uma constante, uma fórmula ou uma referência a outra célula.
n
A precisão do arredondamento. O significado desse parâmetro depende da função usada. Os parâmetros das funções do think-cell são os mesmos que os das funções equivalentes no Excel. Consulte a tabela abaixo para obter exemplos.

Assim como o Excel, o think-cell round pode não só arredondar para valores inteiros quanto para qualquer múltiplo. Por exemplo, se você deseja representar seus dados em etapas 5-10-15-... basta arredondar para múltiplos de 5.

No Excel, você deve usar funções diferentes, dependendo da precisão de arredondamento desejada. Por exemplo, há as funções ROUND e MROUND, que interpretam o parâmetro n de forma diferente. Quando usar a caixa suspensa na barra de ferramentas do think-cell round, basta digitar ou selecionar a precisão de arredondamento desejada. O think-cell round escolhe a função e os parâmetros apropriados por você.

A tabela a seguir fornece alguns exemplos de arredondamento, usando a barra de ferramentas, ROUND ou MROUND junto com seu parâmetro n específico.

Barra de ferramentas 100 50 2 1 0,01
ROUND -2 - - 0 2
ROUND 100 50 2 1 -
1,018 0 0 2 1 1,02
17 0 0 18 17 17,00
54,6 100 50 55 54 54,60
1234,1234 1200 1250 1234 1234 1234,12
8776,54321 8800 8800 8776 8777 8776,54

Se os valores não forem exibidos da forma que você espera, verifique se a formatação de célula do Excel está definida como Geral e se as colunas são largas o suficiente para exibir todas as casas decimais.

Botão Fórmula Descrição
image TCROUND(x, n) Deixar que o think-cell round decida para qual dos múltiplos mais próximos arredondar para minimizar erro de arredondamento.
image TCROUNDUP(x, n) Arredondamento de x para um valor mais distante de zero.
image TCROUNDDOWN(x, n) Arredondamento de x em direção a zero.
image TCROUNDNEAR(x, n) Arredondamento de x para o múltiplo mais próximo da precisão desejada.
image Remove todas as funções do think-cell round das células selecionadas.
image
Usado para que você selecione ou digite o múltiplo para o arredondamento desejado.
image Destacar todas as células que think-cell decidiu arredondar para o mais distante dos dois múltiplos mais próximos, ao invés de para o mais perto.
image Uma roda girando indica que o think-cell round está ocupado.

Para obter resultados otimizados com o mínimo de desvio dos valores subjacentes, você deve usar TCROUND sempre que possível. Só use as funções mais restritivas TCROUNDDOWN, TCROUNDUP ou TCROUNDNEAR se não houver outra escolha.

Atenção: Nunca use funções não determinísticas como RAND() dentro de nenhuma das fórmulas TCROUND. Se as funções resultarem em valores diferentes a cada vez em que forem avaliadas, o think-cell round cometerá erros ao calcular valores.

19.1.2 Layout do cálculo

O layout retangular do exemplo acima serve apenas para demonstração. Você pode usar as funções TCROUND para determinar a exibição de somatórios arbitrários espalhados pela planilha do Excel. As referências 3-D do Excel a outras planilhas e os vínculos com outros arquivos também funcionam.

19.1.3 Funções de colocação do TCROUND

Uma vez que as funções TCROUND têm o objetivo de controlar a saída de uma célula, elas devem ser a função externa:

Ruim: =TCROUND(A1, 1)+TCROUND( SUM(B1:E1), 1 )
Bom: =TCROUND( A1+SUM(B1:E1), 1 )
 
Ruim: =3*TCROUNDDOWN(A1, 1)
Bom: =TCROUNDDOWN(3*A1, 1)

Se acontecer de você inserir algo junto com as linhas dos exemplos errados, o think-cell round o notificará com o valor de erro #VALUE! do Excel.

19.2 Limitações do think-cell round

O think-cell round sempre encontra uma solução para somas arbitrárias com subtotais e totais. O think-cell round também oferece soluções sensíveis para alguns outros cálculos envolvendo a multiplicação e as funções numéricas. Entretanto, por motivos matemáticos, não é possível garantir a existência de uma solução arredondada de forma consistente assim que operadores diferentes de +, - e SUM forem usados.

19.2.1 Multiplicação com uma constante

Em muitos casos, o think-cell round produz bons resultados quando a multiplicação de uma constante está envolvida, isto é, no máximo um dos coeficientes é derivado do resultado de outra função TCROUND. Considere o exemplo a seguir:

Multiplicação com uma constante no think-cell round

O cálculo exato da célula C1 é 3×1,3+1,4=5,3. Esse resultado pode ser atingido arredondando o valor 1,4 para 2:

Exemplo de arredondamento com o think-cell round (TCROUND)

Entretanto, o think-cell round só pode “roubar” arredondando para cima ou para baixo. Um desvio maior dos valores originais não é suportado. Assim, para determinadas combinações de valores de entrada, não é possível encontrar nenhuma solução arredonda de forma consistente. Nesse caso, a função TCROUND avalia o valor de erro #NUM! e do Excel. O exemplo a seguir ilustra um problema insolúvel:

Arredondamento inconsistente no think-cell round

O cálculo exato da célula C1 é 6×1,3+1,4=9,2. O arredondamento das células A1 e B1 resultaria em 6×1+2=8 ou 6×2+1=13. O resultado real 9,2 não pode ser arredondado para 8 nem para 13, e a saída do think-cell round aparece assim:

#NUM! erro no think-cell round

Observação: A função AVERAGE do Excel é interpretada pelo think-cell round como uma combinação da soma e da multiplicação da constante. Além disso, uma soma em que aparece a mesma parcela mais de uma vez é matematicamente equivalente à multiplicação constante e não é garantida a existência de uma solução.

19.2.2 Multiplicações gerais e outras funções

Desde que as funções TCROUND sejam usadas em todas as células relevantes e os resultados intermediários estejam conectados simplesmente por +, -, SUM e AVERAGE, as parcelas, bem como os totais (intermediários) serão integrados a um único problema de arredondamento. Nesses casos, o think-cell round encontrará uma solução que proporciona consistência em todas as células envolvidas, se essa solução existir.

Uma vez que TCROUND é uma função normal do Excel, pode ser combinada com funções e operadores arbitrários. Mas quando você usa funções para conectar resultados de expressões TCROUND que não são as mencionadas acima, o think-cell round não consegue integrar os componentes em um problema interconectado. Em vez disso, os componentes da fórmula serão considerados como problemas distintos que serão resolvidos de forma independente. Os resultados serão depois usados como entradas para outras fórmulas.

Em muitos casos, o resultado do think-cell round continuará sendo razoável. Existem casos, porém, em que o uso de operadores que não sejam +, -, SUM e AVERAGE causam resultados arredondados que estão distantes do resultado do cálculo sem arredondamento. Considere o exemplo a seguir:

Efeitos de arredondamento devido a uso incorreto das fórmulas

Nesse caso, o cálculo exato da célula C1 seria 8,6×1,7=14,62. Uma vez que as células A1 e B1 estão conectadas por uma multiplicação, o think-cell round não consegue integrar as fórmulas dessas células em um problema comum. Em vez disso, após detectar a célula A1 como uma entrada válida, a célula B1 é avaliada de forma independente e a saída é considerada uma constante dentro do problema restante. Não havendo outras restrições, o valor 1,7 da célula B1 será arredondado para o número inteiro mais próximo, que é o 2.

Nesse ponto, o cálculo “exato” da célula C1 é 8,6×2=17,2. Esse é o problema que o think-cell round vai tentar resolver agora. Existe uma solução consistente que requer o arredondamento de 17,2 para 18. O resultado é assim:

Arredondamento e multiplicação usando o think-cell round

Observe que o valor arredondado na célula C1, que é 18, difere grandemente do valor original 14,62.

19.3 Resolver problemas das fórmulas TCROUND

Existem dois resultados em erros possíveis que você pode encontrar ao usar o think-cell round: #VALUE! e #NUM!.

19.3.1 #VALUE!

O erro #VALUE! aparece como dica em problemas sintáticos, tais como fórmulas com erros de digitação ou parâmetros incorretos. Por exemplo, o segundo parâmetro do TCROUND deve ser um valor de número inteiro. Além disso, tenha o cuidado de usar os delimitadores corretos. Por exemplo, enquanto no Excel internacional a fórmula fica assim: =TCROUND(1.7, 0), em uma versão do Excel localizada para o alemão, ela deve ser escrita como: =TCROUND(1,7; 0)

Outro erro específico do think-cell round é a localização do chamamento da função TCROUND: Não é possível usar uma função TCROUND dentro de outra fórmula. Certifique-se de que TCROUND é a função mais externa da fórmula da célula. (consulte Funções de colocação do TCROUND)

19.3.2 #NUM!

O erro #NUM! é o resultado de problemas numéricos. Quando o resultado de uma TCROUND função for #NUM!, isso significa que o problema conforme declarado por um determinado conjunto de fórmulas é matematicamente insolúvel. (consulte Limitações do think-cell round)

Desde que as fórmulas entre parêntesis das funções TCROUND contenham simplesmente +, - e SUM e todas as expressões TCROUND compartilhem a mesma precisão (segundo parâmetro), é garantida a existência de uma solução, que será encontrada pelo think-cell round. No entanto, nos casos a seguir, não existe qualquer garantia de que uma exista uma solução arredondada de forma consistente:

  • As fórmulas envolvem outras operações, como as funções de multiplicação ou numérica. Além disso, as somas em que a mesma parcela aparece mais de uma vez são matematicamente equivalentes a uma multiplicação.
  • Use diferentes precisões no segundo parâmetro da função TCROUND.
  • Faça uso frequente das funções específicas TCROUNDDOWN, TCROUNDUP e TCROUNDNEAR.

Você pode tentar declarar novamente o problema para obter uma solução consistente. Tente o seguinte:

  • Use uma precisão mais adequada para algumas ou todas as expressões TCROUND.
  • Não use TCROUND com multiplicação ou funções numéricas que não sejam +, - e SUM.
  • Use a mesma precisão (parâmetro secundário) para todas as TCROUND afirmações.
  • Use TCROUND em vez de funções mais específicas TCROUNDDOWN, TCROUNDUP e TCROUNDNEAR sempre que possível.