7. Gráficos de colunas, linhas e área

7.1
Gráfico de colunas e gráfico de colunas empilhadas
7.2
Gráfico agrupado
7.3
Gráfico de 100%
7.4
Gráfico de linhas
7.5
Barras de erros
7,6
Gráfico de área e gráfico de área 100%
7.7
Gráfico de combinação

7.1 Gráfico de colunas e gráfico de colunas empilhadas

Ícone no menu Elementos: image.
Gráfico de colunas empilhadas no think-cell.

No think-cell, não há distinção entre gráficos de colunas simples e gráficos de colunas empilhadas. Se desejar criar um gráfico de colunas simples, insira apenas um série (linha) de dados na planilha de dados. Para um tour rápido pelo gráfico de colunas, consulte o exemplo no capítulo Introdução à criação de gráficos.

Os gráficos de barra no think-cell são simplesmente gráficos de colunas rotacionados e podem ser usados exatamente como os gráficos de coluna. Além disso, você pode criar gráficos tipo borboleta colocando dois gráficos de barras “consecutivo” um para o outro. Para isso, aplique as funções de rotação (consulte Girar e inverter elementos) e a mesma escala (consulte Mesma escala). A seguir, remova os rótulos de categoria de um dos gráficos.

exemplo de gráfico de borboleta do think-cell.

Para ver os passos de criação de um gráfico agrupado empilhado, consulte Gráfico agrupado.

Para alterar a largura da coluna, selecione um segmento e arraste uma das alças até a metade da altura da coluna.

borda da largura da coluna.

A dica de ferramenta mostra a largura do espaçamento resultante enquanto é arrastada. Uma largura maior da coluna resulta em uma largura menor do espaçamento e vice-versa, como a largura do gráfico não se altera quando as larguras das colunas são mudadas. A largura do espaçamento é mostrada como uma porcentagem da largura da coluna, ou seja, um valor de 50% significa que cada espaçamento tem a metade do tamanho da coluna.

Alterar a largura de uma coluna, irá alterar o tamanho de todas as outras também. Todas as colunas sempre têm a mesma largura. Para um gráfico com larguras de coluna variáveis de acordo com os seus dados, consulte Gráfico Mekko. Para tornar espaçamentos individuais maiores, consulte Lacuna de categoria.

7.2 Gráfico agrupado

Ícone no menu Elementos: image.
gráfico agrupado do think-cell.

O gráfico agrupado é uma variante do gráfico de colunas empilhadas, com os segmentos organizados lado a lado.

Um gráfico agrupado pode ser combinado com um gráfico de linhas selecionando um segmento de uma série e escolhendo Linha no controle do tipo de gráfico dessa série.

Se desejar organizar para que o empilhamento dos segmentos seja lado a lado, você pode criar um gráfico agrupado empilhado.

gráfico agrupado empilhado do think-cell.

Para criar um gráfico agrupado empilhado, siga estes passos:

  1. Insira um gráfico empilhado.
  2. Selecione um segmento e arraste a alça de largura da coluna na metade da altura da coluna até a dica de ferramenta mostrar “lacuna 0%”.
  3. Clique na linha de base onde você deseja inserir uma lacuna de categoria e arraste a seta para a direita até que a dica da ferramenta mostre “Lacuna de categoria 1”; isso deve ser repetido para todos os agrupamentos.

Se houver um número ímpar de pilhas em um agrupamento, o rótulo não poderá ser centralizado em todo o agrupamento. Use uma caixa de texto do PowerPoint como rótulo nesse caso.

7.3 Gráfico de 100%

Ícone no menu Elementos: image.

O gráfico de 100% é uma variação de um gráfico de colunas empilhadas com todas as colunas tipicamente adicionando até a mesma altura (isto é, 100%). Os rótulos do gráfico de 100% oferecem suporte à propriedade de conteúdo do rótulo, que permite que você escolha exibir valores absolutos, porcentagens ou ambos (Conteúdo de rótulo).

gráfico de 100% do think-cell.

Com o think-cell, você pode criar gráficos de 100% com colunas que não necessariamente adicionam até 100%. Se os totais de uma coluna forem maiores ou menores que 100%, será renderizada de forma condizente. Para obter detalhes sobre o preenchimento em planilhas de dados, consulte Valores absolutos e relativos.

7.4 Gráfico de linhas

Ícone no menu Elementos: image.
gráfico de linhas do think-cell.

O gráfico de linha (também chamado de gráfico de perfil quando rotacionado a 90°) usa linhas para conectar pontos de dados pertencentes à mesma série. A aparência do gráfico de linhas é controlada pelos controles de esquema de linha, estilo de linha e forma do marcador na barra de ferramentas flutuante. Consulte Formatação e estilo para obter detalhes sobre esses controles. Os rótulos dos pontos de dados não são mostrados de forma padrão, entretanto podem ser exibidos usando o image.  botão do menu de contexto Adicionar rótulos de ponto do gráfico de linha.

Se os valores de categoria de um gráfico de linhas forem números ou datas estritamente crescentes, e que possam ser interpretados como tais de acordo com o formato de número do rótulo do eixo, o eixo x será automaticamente convertido em um eixo de valor (consulte Eixo de valor). Quando as datas são usadas, o formato pode ser alterado fazendo uma seleção múltipla de todos os rótulos de categoria (consulte Códigos de formato de data) e digitando um formato de data no controle (consulte Seleção múltipla). Se desejar exibir mais rótulos que estariam próximos uns aos outros na horizontal, você pode usar a rotação de rótulo (consulte Rotação de rótulo).

O eixo x só pode ser alternado do modo de categoria para o de valor se obedecer às seguintes condições:

  • Todas as células de categoria na planilha de dados contêm números e o formato de célula do Excel também está definido como Geral ou Número ou todas as células de categoria na planilha contêm datas e o formato de célula do Excel também está definido como Data.
  • Os números ou as datas nas células de categoria são estritamente crescentes da esquerda para a direita.
  • O eixo y não está definido como Cruzamento entre categorias (veja Posicionamento do eixo de valor). Se apenas esse requisito estiver impedindo uma mudança para o modo do eixo de valor, você pode usar Criar eixo de valor do menu de contexto do eixo para alternar para Cruza nas categorias e, portanto, alternar para o modo do eixo de valor também.

Se o eixo X tiver sido excluído, os dados serão exibidos como para um eixo de categoria.

O gráfico de linhas também pode exibir um segundo eixo y com valor. Consulte Eixo secundário para obter mais informações.

Ao selecionar Usar o preenchimento da planilha de dados como preferência (consulte Esquema de cores), a cor de preenchimento da formatação de célula do Excel será usada da seguinte forma:

  • A cor de preenchimento da célula contendo o nome da série determinará a cor da linha.
  • A cor de preenchimento de cada célula do ponto de dados determinará a cor do marcador para este ponto de dados.

7.4.1 Linhas suavizadas

Se preferir uma aparência mais suave para as linhas de um gráfico de linhas, você pode ativar essa configuração. Primeiro, clique na linha desejada com o botão direito do mouse, depois use o image.  botão Definir como linha suave.

7.4.2 Interpolação

Em gráficos de linha, de área e de área 100%, os valores ausentes são linearmente interpretados por padrão. O  O botão Não interpolar pode ser usado no menu de contexto de uma série, para desativar a interpolação, na qual os valores ausentes do caso são representados como se fossem 0.

Em gráfico de linhas, a interpolação pode ser ativada e desativada em séries individuais. Em gráficos de área, só pode ser aplicada a todo o gráfico, porque as séries se empilham umas sobre as outras.

7.5 Barras de erros

As barras de erros podem ser usadas para indicar desvios nos gráficos de linha e empilhados. O gráfico a seguir pode ser criado através das margens de erro.

gráfico de linhas do think-cell com margens de erro.
  1. Crie um gráfico de linhas com três séries. A primeira série reflete o desvio superior, a segunda série reflete o meio e a terceira série reflete o desvio inferior.
  2. Clique com o botão direito a linha central e escolha image.  Adicionar margens de erro no menu de contexto.

Selecione uma das margens de erro para alterar a cor e a forma do marcador nos desvios superior e inferior e o tipo de linha da margem para todas as margens de erro. Você também pode selecionar um marcador de margem de erro para alterar as propriedades desse marcador específico.

Aparece um suporte em cada extremidade quando você seleciona uma margem de erro. Você pode arrastar esses suportes para selecionar quais linhas das margens de erro devem ser abrangidas. Também é possível visualizar intervalos em vez de desvios ao redor de um valor central se você definir que a margem de erro só abranja linhas adjacentes.

7.5.1 Gráfico de campo de futebol

Usando um gráfico de linha rotacionado e barras de erro, também é possível criar gráficos de campo de futebol. Eles podem ser usados para visualizar os valores baixos e altos de um item, e a diferença entre eles.

O gráfico de campo de futebol, com valores altos e baixos, e a diferença entre eles, exibidos como barra.

Para criar um gráfico de campo de futebol:

  1. Crie um gráfico de linha rotacionado à direita (um gráfico de perfil)
  2. Insira os valores baixos e altos na planilha de dados Planilha de dados do gráfico de campo de futebol.
  3. Selecione as duas linhas para os valores altos e baixos
  4. Clique com o botão direito do mouse e selecione Adicionar margens de erro no menu de contexto de think-cell.
  5. Selecione uma barra de erro e formate a barra e os pontos de dados para os valores baixos e altos conforme desejado. É possível alterar para uma barra de erro espessa, como 6 pt., nos gráficos de campo de futebol.
  6. Clique com o botão direito do mouse no plano de fundo do gráfico e selecione Adicionar linha de grade no menu de contexto. Para definir o estilo de todas elas, selecione apenas uma e pressione Ctrl+A para selecionar todas. Você pode escolher as opções de formatação na barra flutuante, como uma cor mais suave.

Caso o seu primeiro intervalo de dados esteja na parte superior do eixo Y horizontal, você pode modificar a extensão do eixo vertical (veja Eixo de valor) ou arrastar o eixo Y para cima. Observe que, no último caso, o eixo vertical passará a ser um eixo de categoria, e os pontos de dados ficarão espaçados verticalmente e por igual, ao invés de se basearem nos valores numéricos ou de dados na linha de categoria.

É possível criar gráficos de campo de futebol mais complexos, usando mais de duas séries e adicionando diversas barras de erro entre os pares de séries. Por exemplo, você poderia adicionar uma terceira série contendo a média, e adicionar duas barras de erro, com cores diferentes, acima e abaixo dela.

7.6 Gráfico de área e gráfico de área 100%

7.6.1 Gráfico de área

Ícone no menu Elementos: image.
gráfico de área do think-cell.

Um gráfico de área pode ser pensado como um gráfico de linhas empilhado, com os pontos de dados representando a soma dos valores nas categorias, em vez de valores individuais. A aparência dos gráficos de área é definida usando o controle do esquema de cores. Os rótulos dos pontos de dados não são exibidos de forma padrão, mas podem ser exibidos usando o image.  botão do menu de contexto Adicionar rótulos de ponto do gráfico de área. O botão do menu de contexto image.  Adicionar total do gráfico de área pode ser usado para exibir rótulos de totais. A interpolação linear pode ser ativada usando o image.  botão Interpolar (consulte Interpolação).

Se Usar o preenchimento da planilha de dados como preferência for selecionado (consulte Esquema de cores), a cor de preenchimento do Excel de uma célula de rótulo da série determinará a cor de preenchimento da área dessa série.

7.6.2 Gráfico de área 100%

Ícone no menu Elementos: image.
gráfico de área 100% do think-cell.

O gráfico de área 100% é uma variante do gráfico de área com a soma de todos os valores em uma categoria representando 100%, de forma geral. Se os valores em uma categoria totalizarem um valor superior ou inferior a 100%, o gráfico será renderizado de forma condizente. Consulte Valores absolutos e relativos para obter mais detalhes sobre como especificar valores de dados. Os rótulos de gráficos de área 100% podem exibir valores absolutos, porcentagens ou ambos (Conteúdo de rótulo). A interpolação linear pode ser ativada usando o image.  botão Interpolar (consulte Interpolação).

7.7 Gráfico de combinação

Ícone no menu Elementos: image.
gráfico de combinação do think-cell (linha, coluna e coluna agrupada).

Um gráfico de combinação combina segmentos de linha e coluna em um único gráfico. Gráfico de linhas e Gráfico de colunas e gráfico de colunas empilhadas descrevem com detalhes o uso de segmentos de linhas e colunas em gráficos.

Para converter uma linha em uma série de segmentos, basta destacar a linha e selecionar o botão Segmentos empilhados no controle do tipo de gráfico (ver Tipo de gráfico). Para converter segmentos em uma linha, basta destacar um segmento da série e selecionar o botão Linha no controle de tipo de gráfico. As fontes de dados dos gráficos de linhas, gráficos empilhados e gráficos de combinação têm o mesmo formato.

gráfico de colunas agrupadas e de linha segmentada do think-cell.

Essa função pode ser usada em gráficos de colunas agrupadas e empilhadas, bem como em gráficos de linhas.

Compartilhar