4. Introdução à criação de gráficos

Neste capítulo, um tutorial detalhado mostrará como criar um gráfico a partir de um esboço como este:

Criar um gráfico do think-cell a partir de um rabisco como exemplo.

Uma apresentação mais elaborada dos conceitos básicos do think-cell e os detalhes de diversos tipos de gráficos podem ser encontrados em Conceitos básicos e nos capítulos a seguir.

4.1
Inserir um novo gráfico
4.2
Adicionar e remover rótulos
4,3
Inserir dados do gráfico
4.4
Estilizar o gráfico

4.1 Inserir um novo gráfico

Com o think-cell instalado, você encontra o seguinte grupo na guia Inserir da faixa do PowerPoint.

grupo do think-cell no PowerPoint 365.

Inserir um gráfico na sua apresentação é muito semelhante a inserir uma forma do PowerPoint. Vá até o grupo do think-cell e clique no botão Elementos. Em seguida, selecione o tipo de gráfico desejado.

Em nosso exemplo, queremos inserir um gráfico de colunas, representado por este botão: image.

Depois que você escolher um elemento, aparecerá um retângulo no ponteiro do mouse, indicando onde o gráfico deve ser inserido no slide. Ao inserir ou redimensionar um gráfico, você notará que ele se ajustará a certas posições, alinhando-se aos objetos existentes no slide.

Elementos inteligentes de gráficos do think-cell.

O gráfico é selecionado automaticamente após a inserção, como indicado por um contorno em destaque azul. Se o gráfico que você deseja modificar não estiver selecionado, você pode selecioná-lo clicando nele.

4.2 Adicionar e remover rótulos

Depois de inserir um novo gráfico de colunas, os rótulos de categoria e de séries serão exibidos automaticamente. Há várias maneiras de remover e adicionar rótulos. A forma mais fácil de remover um único rótulo é selecioná-lo e pressionar a tecla Del. A forma mais fácil de remover todos os rótulos de um tipo específico é selecionar o respectivo botão do menu de contexto do gráfico.

Para remover o rótulo de série como no nosso gráfico de coluna do exemplo, clique em image.  Remover rótulos de série no menu de contexto do gráfico. Para acessar o menu de contexto de um gráfico, mova o mouse para um ponto dentro do retângulo do gráfico onde não existam outros objetos e clique com o botão direito do mouse. Leia mais sobre a edição de texto dos rótulos no capítulo Rótulos de texto.

Adicionar e remover rótulos do think-cell.

4.3 Inserir dados do gráfico

Ao selecionar o gráfico de colunas, um botão da planilha de dados image.  Abrir planilha de dados é exibido no canto inferior direito do gráfico.

Clique no botão da planilha de dados ou simplesmente faça duplo clique no gráfico para abrir a planilha de dados. A planilha de dados é aberta automaticamente após a inserção de um novo gráfico. Agora, insira os dados do nosso gráfico de colunas de exemplo na planilha de dados. Digite apenas os números como estão. Não arredonde os números nem calcule totais: o think-cell fará isso para você. Na maioria dos tipos de gráficos, basta inserir os números como estão apresentados no esboço, da esquerda para a direita e de cima para baixo. A tecla de tabulação Tab pode ser usada, assim como no Microsoft Excel, para mover convenientemente para a próxima coluna em uma linha, e a tecla de confirmação Enter pode ser usada para pular para a primeira coluna na próxima linha.

A planilha de dados do nosso gráfico de colunas de exemplo aparece assim:

planilha de dados do think-cell.

Observe que o gráfico no slide é atualizado instantaneamente para refletir as alterações na planilha de dados. Ele até aumenta e diminui conforme a área da planilha de dados que você usa. Os anos são automaticamente inseridos como rótulos de categoria na primeira linha da planilha de dados. A sequência de anos continuará automaticamente quando você iniciar a inserção de dados na coluna seguinte.

Após a inserção dos dados, o gráfico de exemplo terá a seguinte aparência:

Gráfico simples no PowerPoint usando o think-cell.

Como pode ser visto, o think-cell já fez uma grande parte do trabalho para tornar a aparência do gráfico “correta”. Especificamente, ele automaticamente coloca todos os rótulos e acrescenta o total das colunas. A próxima seção explica as poucas etapas finais para concluir o gráfico de exemplo.

4.4 Estilizar o gráfico

Cada elemento do gráfico consiste em diversos recursos. No nosso exemplo, os rótulos do texto e os segmentos da coluna são os recursos mais importantes no gráfico de colunas. Cada tipo de recurso tem um número específico de propriedades que podem ser alteradas para dar uma aparência diferente. Para alterar as propriedades do recurso, você precisa selecioná-lo primeiro. Você também pode selecionar vários recursos por vez, para alterar suas propriedades ao mesmo tempo.

A seleção de recursos é muito semelhante à seleção de arquivos no Windows Explorer:

  • Selecione um único recurso clicando sobre ele com o botão esquerdo do mouse.
  • Ou selecione vários recursos mantendo a tecla Ctrl pressionada enquanto clica.
  • Também é possível selecionar um intervalo adjacente dos recursos mantendo a tecla Shift pressionada, movendo o ponteiro do mouse e clicando no mouse. Veja agora como os recursos afetados são destacados enquanto você move o mouse com a tecla Shift pressionada.

As capturas de tela a seguir mostram como todos os segmentos da coluna da segunda série de dados são destacados em laranja enquanto estão selecionados conjuntamente em uma operação clicando com a tecla Shift pressionada:

seleção múltipla de elementos do gráfico think-cell.

Quando você seleciona recursos, uma barra de ferramentas flutuante aparece, contendo os controles de propriedade correspondentes. Para a seleção dos segmentos de coluna como ilustrado abaixo, por exemplo, o controle Cor de preenchimento fica disponível na barra de ferramentas:

Controle de cor de preenchimento na barra de ferramentas dos gráficos no think-cell.

No nosso exemplo, queremos alterar o sombreamento da segunda série de dados, como exigido pelo esboço. Portanto, depois de selecionar os segmentos da coluna da série, escolhemos Ênfase 6 sombreamento:

Colorir gráficos de PowerPoint no think-cell.

Observe que os rótulos são automaticamente convertidos para branco, para tornar a leitura mais fácil em fundos escuros.

Por fim, os números no nosso gráfico de exemplo ainda são exibidos com uma precisão incorreta. De acordo com o rascunho, eles devem ser renderizados com a precisão de uma casa decimal. Nós simplesmente temos que selecionar um dos rótulos de segmento, e a barra de ferramentas flutuante muda para incluir o controle Formato de número:

controle de formato do número do think-cell.

Ao digitar a casa decimal na caixa de formato do número, você pode especificar o formato de exibição desejado que será aplicado a todos os números do mesmo tipo no gráfico. Como alternativa, você pode clicar na seta e selecionar o formato desejado na caixa suspensa. Observe que os verdadeiros números que você digita ou seleciona não têm importância, eles só agem como um exemplo do formato exigido (leia mais na seção Formato de número).

Aplicar a precisão decimal a gráficos do think-cell.

O rascunho agora está representado por um gráfico de aparência limpa e profissional. Quando você se familiarizar com o uso do think-cell, você poderá criar gráficos como esse em menos de um minuto.

Compartilhar